O Deus da exclusividade

771891691eca6e607fd8e8f91ba05fe2

“Eu queria ter o cabelo de fulana” “Eu queria ter o corpo de fulana” “eu queria saber dançar/cantar/atuar como fulana” “Eu queria ser maravilhosa como a Kim Kardashian. Na verdade, eu queria ser uma Kardashian”.

Eu queria, eu queria, eu queria…

Você provavelmente já disse ou já ouviu alguém dizer uma dessas frases – e tantas outras. Nessa semana, Deus tem me incomodado muito acerca de uma coisinha muito simples: identidade. Mas não no sentido de saber quem somos nEle, mas de saber como somos para Ele. Num desses dias de reflexão, olhei para o céu e pensei: imagine que chato se Deus tivesse feito todas as pessoas iguais?

Imagine se o mundo fosse povoado por várias pessoas como eu? Ou como você? Você pode não gostar de si mesmo ou de algo específico na sua vida, corpo, etc, mas já parou pra pensar que, dentre tantas pessoas, só existe uma pessoa como você? E que é você?

Você não é o que vê no espelho

Tenho certeza que você já olhou pra si mesmo algumas vezes e começou a fazer uma lista das coisas que gostaria de mudar na sua estética. Cabelo, nariz, orelhas de abano, peso, altura… Whatever. Todo mundo já passou ou passa por uma crise de identidade na vida, certo? Certo.

A crise de identidade e autoestima pode ser causada por diversos fatores, mas desencadeia um sentimento que nos amarra a nós mesmos: insegurança. Você passa a se olhar com aquele arzinho de dúvida/decepção/tristeza por ter nascido daquela forma. Você começa a pensar que seus defeitos incomodam tanto os outros a ponto de afastá-los de você. Você começa a achar que não é tão bom como achou que fosse. Acertei de novo? Eu sei.

Nada na criação foi feito por acaso. Deus não deu a nós nenhum atributo por acaso. Às vezes, você não consegue enxergar quão sensacional você é porque está ocupada demais olhando pros defeitos e comparando-os às qualidades de outras pessoas. Não faça isso. Não se ponha em uma competição mental com você mesma. Você não precisa disso.

Sabe? Você não é o que vê no espelho. Você não é seus defeitos. Sua existência não se resume a imperfeições. Se ainda não te disseram isso, por favor, não ignore: você é bem mais do que um defeito. Você vale bem mais que seu reflexo. Você vai muito além daquilo que dizem a seu respeito e aquilo que você pensa de si.

Um recado pra você guardar no coração

Precisamos aprender que, num mundo onde a casca é única coisa que importa, Deus nos ensina que beleza é algo que floresce de dentro pra fora. Quando entendemos quem somos e quando aceitamos isso, começamos a florescer até que os botões fiquem visíveis. Você tem um Pai que te ama exatamente desse jeito. Ele fez você assim com um propósito, assim como a todas as pessoas ao seu redor.

Nenhuma pessoa pensa, sorri, se expressa, dança, canta, escreve ou fala como você. Eu disse nenhuma! Podem fazer parecido, mas igual, jamais. Entenda: Deus é um Deus de exclusividades. Ele é um cara criativo. Ctrl c + ctrl v é com a gente no Wikipedia, não com Ele. Permita-se florescer novamente. Permita-se sorrir para si mesma, como há anos você não faz. Olhe pra si mesma com amor, não repulsa. O simples fato de você ser filha dEle já te faz muito mais bonita do que pensa.

Você até poderia ter nascido Kardashian, mas Deus sabia que o mundo precisava mesmo de VOCÊ. Valorize isso. 

E nunca esqueça quem você é para Ele. Isso vale ouro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s